terça-feira, 23 de abril de 2013

Cobaia: Oil Complex Oil Argan, Alta Moda é...

Recebi dois sachês do óleo de Argan da marca brasileira "Alta Moda é...", que é uma filiada à Alfaparf, em uma caixinha BlushBox.
Na verdade já faz bastante tempo que eu testei, e não sabia se fazia a resenha ou não (logo abaixo vcs verão o porquê).

Eu me atrapalhei um pouco e esqueci de tirar as fotos, então vai uma que eu tirei quando a caixinha chegou:


Sobre o produto (retirado do blog Necessaire de Mulher):


O ouro do Marrocos, assim se conhece o óleo extraído das sementes da Argan Spinosa, riquíssimas em ômegas, vitaminas e ácidos graxos essenciais. Combate os radicais livres, reestrutura a camada hidrolipídica das fibras capilares, aumenta a resistência dos fios a processos químicos, escovas e estiramentos. Um profundo tratamento de saúde, para qualquer tipo de cabelo, inclusive os que já receberam alisamentos e escovas.
Como usar: Poderá ser usado de várias maneiras, com critério, pois é poderoso em sua ação umectante. No enriquecimento de máscaras, condicionadores, produtos para massagens, como principal agente de hidratações, usar quantidade que julgar necessária. Se aplicado puro, como um finalizador/reparador de fios/pontas, porcione aos poucos, até que se obtenha a disciplina desejada. Recomendamos lavar e nutrir seus cabelos com os os demais produtos da Linha para um tratamento profundo e completo.

Esse foi o primeiro "óleo de argan" que testei, e os resultados não se pareceram em nada com o que se lê por ai sobre o ativo.
Pra começar, a textura é bem líquida, parecido com um óleo de cozinha comum. A cor é amarelo ouro e tem um cheiro forte de cravo (que eu particularmente gostei bastante).

Usei o produto de diversas maneiras: como leave-in com os cabelos úmidos, como reparador de pontas com os cabelos secos, misturado a uma máscara de hidratação, sozinho para hidratação e como pré-shampoo.
- Como finalizador, tanto com os secos quanto molhados, não deu nem um pouco certo - se usava pouco produto, não dava efeito nenhum; se aumentava a dosagem, deixava os cabelos pesados, oleosos e grudentos.
- Usado para hidratação, tanto sozinho quanto misturado a uma máscara, deixou os cabelos extremamente oleosos, mesmo beeeeeem enxaguados.
A única forma de uso que deu resultados razoáveis foi como pré-shampoo - e mesmo assim o cabelo ficou mais pro lado do oleoso do que pro do hidratado.

O produto foi tão ruim no meu cabelo, mas tão ruim, que nem ia fazer resenha.

Sem contar que a embalagem em sachê é péssima para a regulagem da quantidade de produto - eu nunca vi o produto pra vender, então não conheço a embalagem original, mas pelas fotos que encontrei em outros blogs é bem comum e não parece facilitar a dosagem.

Foto da textura nas mãos e do "aplicador" do produto, retiradas do blog Princesas Modernas
Alguém mais já testou?

Um comentário:

winxmake disse...

Bom saber de uma opniao simcera, eu já usei um shampoo da alta moda, gostei mais o óleo de argan é novidade para mim

Eu também não gosto de óleo de argan que deixa com aspecto oleoso

Beijoss