segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Mais saudável, mais magra - parte 6

As coisas não andam muito bem no meu projeto de recuperar meu antigo peso e passar a viver uma vida mais saudável...
Eu tinha emagrecido três quilos no final do ano passado, provavelmente graças as mudanças que fiz no meu estilo de vida (com destaque para cozinhar minha própria comida), porém, sem mais nem menos, comendo as mesmas coisas de sempre, nas mesmas quantidades de sempre e com o mesmo nível de atividade física, recuperei esses 3 quilos e ganhei mais um.
A única explicação plausível que encontrei pra isso foi o stress: eu estava prestes a trocar meu emprego atual por um melhor, mas quando fui ver ele não era tão melhor assim... imagino que a decepção deve ter mexido com meus hormônios - já que a minha saúde é e sempre foi muito suscetível às minhas oscilações de humor.
Como não tenho como impedir que coisas ruins aconteçam na minha vida e nem é realista que eu simplesmente comece a encarar tudo como uma Pollianna (personagem que via tudo pelo lado positivo), a única saída é fazer alguma coisa pra reforçar minha perda de peso, ou seja, ingerir menos calorias e/ou queimar mais calorias. Como se eu comer menos do que estou comendo no momento foi começar a passar fome e já considero minha dieta atual saudável, o próximo passo no meu projeto será:

AUMENTAR OS EXERCÍCIOS DIÁRIOS DE 20 PARA 40 MINUTOS

Devido a meu problema no joelho, não posso fazer exercícios de alto impacto, como correr, pular, etc. Como não posso aumentar a carga dos exercícios ainda e estou sem tempo ($$$) para contratar o auxílio de um profissional para meus exercícios, a saída é aumentar o tempo no qual me exercito diariamente.
Como já expliquei no post em que falei da inclusão de exercícios na minha rotina, os exercícios que faço consistem de exercícios simples que usam o peso do próprio corpo, como aqueles que vemos em revistas de dieta e boa forma. Vou continuar fazendo eles e, nos dias em que estiver mais disposta e animada, os 20 minutos que estou adicionando vão ser gastos dançando. Quando estiver sem ânimo pra dançar, serão 20 minutos extras do mesmo tipo de exercício que eu fazia antes.
Espero que com isso eu consiga voltar a perder peso, ao invés de ganhá-lo.


Quem mais está fazendo algum tipo de dieta/reedução alimentar/programa de exercícios/mudança de estilo de vida?
Adoraria saber o que dá ou não dá certo pra vcs!

Para ler mais sobre o "projeto":

Parte 1: ACORDAR MEIA HORA MAIS CEDO TODOS OS DIAS E TOMAR MEU CAFÉ COM LEITE EM CASA
Parte 2: RESTRINGIR O REFRIGERANTE AOS FINAIS DE SEMANA
Parte 3: COZINHAR MINHAS PRÓPRIAS REFEIÇÕES
Parte 4: INCLUIR EXERCÍCIOS LEVES NA ROTINA
Parte 5: CARREGAR SEMPRE UMA GARRAFA DE ÁGUA

4 comentários:

Bia Galvão disse...

Vi, não desamine e procure um endocrino para ver se está tudo certo na parte dos hormonios!
bjssss

Garota Veneno disse...

Não desanima não! Eu tinha começado minha dieta antes do natal e eu recuperei tudo o que perdi e tbm ganhei mais um kilo! Mas agora estou firme de novo e vi que não posso relaxar por nada!!! Força estamos juntos nessa!!!

Beijinhos, beijinhos!
Tamiris Bockmann!

Ana Moura disse...

Vi também tô nessa, vou começar a escrever uma série de posts lá no blog.
Mas só no final de semana que vc vai restringir o refri?
Ai pra mim é mais difícil no final de semana, então me controlo na semana e solto a franga no fim de semana...kkk
Boa Sorte amigaaaa!!!

Estou acompanhando sua jornada.

Bjoooo

Manô disse...

Olá Vi,

Mais uma para o time!
Acabei de conhecer seu blog e li toda a tag mais saudável.
Há um ano e meio consegui emagrecer em torno de 15 kg, porem fui relaxando e acabei engordando tudo de novo.
Meu problema é genético: tenho tendencia a engordar, simples assim.
Terei q lutar a vida toda para não ficar obesa.
Ha uma semana retomei o controle de meus hábitos alimentares e ha uns 2 meses estou deixando o carro em casa e indo ao trabalho a pé, o q me garante 3 km de caminhada diária.
É fácil? Com certeza não!
Tenho q acordar mais cedo e, me desculpem os esportistas q ficam satisfeitos após malharem!, mas já chego cansada logo cedo no trabalho!
Mas sei q não ha outro jeito: melhora na alimentação + atividade física são as únicas formas de equalizar nossa conta com a balança.
P.S como estão seus exames atualmente?
Graças a Deus meus exames sempre deram no mínimo!
Bjoks e boa sorte,

Manô