quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Orgulho Alheio: Nova lei para Protetor Solar

Desde a metade do ano existe uma nova lei que regulamenta as fórmulas dos protetores solar e informações que devem estar descritas na embalagem. Todas as empresas têm dois anos a partir da promugação da lei pela Anvisa para se adequarem, mas já começamos a veras mudanças nas parteleiras - para não perder sua fatia no mercado, se uma empresa adere as novas antes do tempo limite, todas as outras imitam.

Antes o FPS (fator de proteção solar) mínimo permitido era 2, agora passou a ser 6 - o que ainda é muito baixo. O FPS indica o nível de proteção contra os raios UVB apenas, e a maioria das embalagens não contem indicação precisa do fator de proteção contra os raios UVA. A partir dessa lei, o fator de proteção UVA também deve ser discriminado na embalagem, e não pode ser inferior a 1/3 do FPS do produto.

Pra quem não sabe, os raios UVB são os que causam as queimaduras de esposição solar, enquanto os UVA são os responsáveis pelo aparecimento de manchas e sinais, pelo envelhecimento precoce e pelo câncer de pele - portanto são muito mais perigosos no longo prazo.

Além disso, passa a ser obrigatória a indicação do período após o qual o produto deve ser reaplicado.

2 comentários:

Ana Carolina disse...

Eu ainda nao sabia, que bom que essa lei foi criada!

Beijoos!
http://simplesglamour.blogspot.com

Mag disse...

Conheci o blog agora e gostei pela variedade de temas abordados, tal qual o meu.
Sobre os protetores é notável a diferença nas prateleiras, inclusive com gente virando a cara quando não vê produtos com FPS tão baixo hahaha
Parabéns pelo blog!
Beijinho

www.dicasdamag.uni5.net